Friday, July 16, 2004

Hoje

Hoje murmurei um segredo ao vento...Falei-lhe de épocas distantes,de civilizações imaginárias...De odores nunca antes descritos!Invento uma nova realidade,vivo a morte e morro a própria vida...Mergulho no êxtase febril da embriaguez.Esqueci quem sou,parei o relógio da minha existência...Olho,inexpressivamente, a clepsidra de areia...Rio mordazmente, desta entediante vontade de viver.Tenho vontade de levar as mãos á boca,morde-las,a fundo e a mal...Quebrar a fragilidade humana,espancar até quebrar o último osso,sangrar até á última gota,Quero perder todo o nada que tenho!E quando estiver a um passo do fundo,quero ultrapassar a meta da decadência mental...quero rir e saborear o momento!

1 Comments:

Blogger matheus so said...

que blog mais bonito. lendo teu perfil notei que também temos muito em comum musicalmente. talvez por isso me identifiquei tanto lendo as coisas bonitas e melancólicas que você escreve, e também as que cita

October 7, 2006 at 11:42 AM  

Post a Comment

<< Home